Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/03/20 às 18h40 - Atualizado em 9/03/20 às 16h07

Governo do DF entrega mais 174 vagas em creches no Lago Norte

COMPARTILHAR

POR LÍVIO DI ARAÚJO

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) entregou, na tarde desta quinta-feira (05), a primeira das cinco creches prometidas para o início de 2020. O Centro de Educação de Primeira Infância (CEPIs) Cajuzinho, localizado no Lago Norte, passa a beneficiar, a partir de agora, 174 crianças de zero a três anos de cidades como Paranoá, Varjão e Itapoã.

 

Até o fim deste mês, mais quatro serão entregues à população do DF. Mais de 800 crianças serão atendidas.

 

Durante a inauguração do CEPI Cazujinho, as crianças, curiosas, puderam assistir de perto, no pátio da instituição, toda a movimentação. Bateram palmas, cantaram.

 

Algumas fizeram questão de estar perto das autoridades e não se intimidaram.

 

“É na primeira infância que o intelecto da pessoa se desenvolve, que é possível torná-la uma pessoa mais saudável, prepara-la para o mercado de trabalho futuramente”, destacou Mayara. “Ter todas as pastas [do governo] integradas trabalhando pela primeira infância é um diferencial e o GDF vem dando esse suporte tão primordial para as nossas crianças”, completou a primeira-dama.

 

O evento reuniu o secretário de Educação, João Pedro Ferraz, a primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha Rocha e o vice-governador Paco Britto que, juntos, fizeram o descerramento da placa inaugural da creche que contou com mais de R$ 3,2 milhões de investimento do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e o investimento do GDF é de pouco mais de R$ 800 por cada criança assistida. O CEPI é gerido pela Instituição Coração de Cristo.

 

O vice-governador fez questão de destacar a prioridade e atenção que o Governo Ibaneis tem dado à educação e comemorou com números. “Só com os novos CEPIS, neste mês, serão 870 crianças atendidas. E tenho uma novidade: nos próximos 90 dias vamos a dar início a mais uma creche, desta vez no Taquari”, adiantou. Paco Britto também destacou a distribuição de 5.000 cartões-creche que o GDF entregou no início do ano e de mais outros 5.000 que serão entregues no segundo semestre. “Só com os cartões, beneficiaremos 10 mil crianças. Isso demonstra o comando, a determinação e o foco que este governo tem para fazer o bem para a população do Distrito Federal”, frisou.

 

O quantitativo de vagas ofertadas em creches neste ano pelo GDF também foi comemorado pelo secretário de Educação. “Historicamente, o DF vem superando o déficit em torno de 1.500 vagas por ano”, disse. Somente no primeiro semestre, o governo ofertou cerca de 14 vagas parta a faixa etária de 0 a 3 anos e 11 meses (algumas conveniadas atendem crianças de até 5 anos): 5 mil por meio do cartão-creche; 870 por intermédio dos CEPIs, e 8 mil por meio do movimento sequencial dos estudantes – que abrem vagas para novas crianças.

 

A inauguração dos demais centros já estão agendadas. Em Samambaia – que ganhará não apenas uma, mas duas creches -, o evento está marcado para o próximo dia 12. No dia 17 é a vez de Ceilândia e, no dia 19, São Sebastião, completando as cinco instituições prometidas pelo governador Ibaneis Rocha.

 

A primeira infância mexe comigo. Eu também tenho um bebê e sei que o coração de uma mãe que deixa seu filho pequeno em uma creche fica apertado. Mas ela faz isso para estar no mercado de trabalho e, por isso, é tão importante garantir um espaço que cuide dessa criança”, ressaltou a primeira-dama.

 

Os prédios dos CEPIs seguem o modelo padrão do Projeto Proinfância Tipo B, do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil, instituído pelo Ministério da Educação (MEC).

 

São mais de 30 funcionários entre diretor, coordenador, professores, monitores, secretário escolar, nutricionista, porteiro, cozinheiro, serviços gerais, agente patrimonial e auxiliar de cozinha.

 

O bloco pedagógico é formado pelos blocos creche I e II e creche III e pré-escola e contam com fraldário, salas de atividades e repouso, solário, sala de leitura, laboratório de informática, banheiros para portadores de necessidades especiais, refeitório, pátio coberto e descoberto, anfiteatro aberto e playground para atividades lúdicas.

 

Governo do DF entrega mais 174 vagas em creches no Lago Norte