Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/07/20 às 18h05 - Atualizado em 15/07/20 às 16h03

Jovens socioeducandos recebem 1,5 mil máscaras

COMPARTILHAR

POR LÍVIO DI ARAÚJO

 

A Unidade de Internação de São Sebastião (UISS), destinada aos socioeducandos sentenciados em cumprimento de medida socioeducativa de internação, recebeu, na manhã desta quinta-feira (9), doação de 1,5 mil máscaras de tecido. A entrega foi feita pelo programa Todos Contra a Covid – coordenado pelo vice-governador Paco Britto – por meio da Comunhão Espírita de Brasília. Os EPIs serão usados pelos jovens da instituição.

 

De acordo com a diretora da unidade, Kellen Messias, as máscaras chegam em um momento oportuno, uma vez que os jovens que se encontram na UISS tiveram a rotina alterada devido à pandemia do novo coronavírus. Agora, sem poder receber visitas dos familiares, a quantidade de atividades ocupacionais aumentou e o estoque de EPIs da unidade é insuficiente.

 

“Eles saem dos módulos mais de uma vez por dia para as atividades e precisam usar as máscaras. Pelo menos uma pela manhã e outra à tarde para cada um dos adolescentes”, explicou Kellen que reforçou a importância do trabalho com os adolescentes que só estão tendo contatos com as famílias por meio de vídeo chamadas. “Eles têm o direito à ligação uma vez por semana por cinco minutos. É uma forma de amenizar os anseios e angústias deles neste tempo de confinamento”, completou.

 

Para o representante da Comunhão Espírita de Brasília, Nazareno Feitosa, a ideia da instituição em procurar o programa do GDF para doação das máscaras teve, justamente, essa finalidade: diminuir a tensão pela falta das visitas. “O movimento espírita tem se mobilizado para esse trabalho de ação e promoção social. É um momento importante, pois permite que esses jovens realizem atividades fora dos quartos, contribuindo para a ressocialização”, enfatizou.

 

Com máscaras confeccionadas em tecido e que permitem a reutilização após higienizadas, os adolescentes da UISS poderão participar de todas as atividades extras, inclusive a oficina de costura que pretende, de acordo com a diretora da unidade, ensina-los a confeccionar máscaras. “Ganhamos as máquinas e os tecidos e, tão logo eles aprendam as técnicas, começaremos a produção”, explicou Kellen. As 1,5 mil máscaras doadas foram feitas na Fábrica Social do GDF com tecidos doados ao programa Todos Contra a Covid. “Todos nos envolvemos em atos de solidariedade para nos sentirmos parte dessa grande família de brasileiros empenhados em ajudar, em contribuir, de alguma forma”, disse o represente do programa, embaixador Pedro Luiz.

 

Representando o vice-governador  Paco Britto– que se recupera da Covid-19 em casa -, o chefe de gabinete Paulo César Chaves lembrou que o programa tem o foco de levar proteção às pessoas mais necessitadas, em especial, aqueles que ficam em “segundo plano” das doações. “Esses adolescentes estão vivendo um confinamento dentro do confinamento e é papel do programa protegê-los, garantindo formas para que as doações também cheguem a esse público e que não sejam esquecidos”, frisou. “Todos merecem proteção, independentemente de onde estejam”, finalizou Chaves.

 

Doe para o comitê Todos Contra a Covid

Banco de Brasília (BRB) – 070

Agência: 0027

Conta Poupança: 0027.049528-2

CNPJ: 02.174.279/0001-55

Instituto BRB de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Socioambiental