Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
29/09/23 às 15h39 - Atualizado em 29/09/23 às 15h39

Formatura de 433 alunos do QualificaDF Móvel encerra primeiro ciclo do ano

 

O Governo do Distrito Federal certificou, nesta sexta-feira (29), 433 alunos participantes da 9ª Etapa do QualificaDF Móvel. O programa ofereceu cursos profissionalizantes de operador de micro, design gráfico, atendente de farmácia, auxiliar administrativo, contabilidade, auxiliar de recursos humanos e manutenção de celular. A unidade móvel esteve nas regiões de Santa Maria, Gama, Colônia Agrícola 26 de Setembro e São Sebastião.

 

Celina Leão: “No curso de qualificação você descobre várias coisas. A primeira delas é de que você é capaz” | Foto: George Gianni

 

Presente na solenidade de formatura dos alunos, a vice-governadora Celina Leão destacou a importância do projeto itinerante na formação profissional da população do Distrito Federal (DF). “No curso de qualificação você descobre várias coisas. A primeira delas é de que você é capaz. Você começa a sair da sua casa e, em muitas das vezes, não sabe o que fazer. É por isso que nosso governo investe tanto em qualificação. Acreditamos em criar oportunidades”, afirmou Celina Leão.

 

“Anunciamos todos os dias as vagas nas agências do trabalhador e percebemos que não tem gente qualificada para essas vagas. Então, esse trabalho de qualificação gera expectativa para as pessoas e, acima de tudo, gera oportunidade”, pontuou o secretário de Desenvolvimento Econômico Trabalho e Renda do DF, Thales Mendes.

 

Com a formatura da 9ª etapa, encerra-se o primeiro ciclo do QualificaDF Móvel. Mas já está prevista, para os próximos dias, a publicação do edital para abertura das inscrições do segundo ciclo, com aulas marcadas para a segunda quinzena de outubro.

 

“Esse projeto tem uma finalidade de oferta cursos de qualificação para a população do DF. Eu vejo o quanto temos impactado vidas porque o QualificaDF Móvel também fala de humanidade, amor, esperança e transformação na vida das pessoas. É isso que vivenciamos ao longo do ano. Cumprimos nossa missão e atingimos além do esperado”, defendeu a coordenadora técnica do programa, Ana Carolina Santana.

 

Nunca é tarde

 

O programa capacita pessoas de 16 a 70 anos residentes no Distrito Federal. Aos 62 anos, a aposentada Rosalina Rodrigues recebeu o terceiro certificado, desta vez em atendente de farmácia, e aguarda as próximas inscrições para fazer mais um curso profissionalizante.

 

“Já fiz curso de design gráfico e de administração de serviços hospitalares. Essas aulas são maravilhosas porque capacitam de verdade. Apesar de o tempo ser curto, o curso nos abre a mente para um novo horizonte. Meu objetivo é voltar ao mercado de trabalho com todas essas capacitações que fiz”, compartilhou.

 

Já o militar Alexandre Augusto de Souza, 59, foi aluno do curso de operador de micro na carreta de São Sebastião. Para ele, as aulas superaram as expectativas. “Eu não estava esperando que fosse ser selecionado, mas deu tudo certo e foi ótimo. Encontrei conhecimentos que fizeram com que eu elevasse meu estágio. Sem contar a facilidade de não ter sido necessário me deslocar para o Plano Piloto para fazer o curso.”

 

Por Agência Brasília